II Lanterna Mágica promove estudo de caso de séries animadas brasileiras

A segunda edição do Lanterna Mágica conta em sua programação com um estudo de caso de duas séries animadas brasileiras de sucesso, que são veiculadas na grade televisiva do Brasil e até fora do país. A atividade está marcada para o 4º dia de festival, 26 de maio, às 10h, no Espaço Sonhus.

Júlio e Verne – Os Irmãos Gemiais é uma criação goiana e estreou em 2017 na TV Brasil. Neste ano, o Nat Geo Kids anunciou que adquiriu os direitos de exibição e o desenho foi estreado no canal em abril. A série O Show da Luna, de São Paulo, também será objeto do estudo de caso. A animação, que estreou em 2014, é exibida em várias emissoras, entre elas a TV Brasil e a Discovery Kids. Em terras estrangeiras, a NBC Kids, nos Estados Unidos, e a RTP2, em Portugal, também transmitem a série.

Para o estudo, estarão presentes criadores, roteiristas e profissionais envolvidos nas duas produções. Da animação Júlio e Verne, irão participar Kelly Alves (2Fly), criadora da série, o roteirista Paulo Miranda (Mandra Filmes), que também é um dos jurados do festival, e o diretor Ricardo de Podestá. Um dos criadores e produtor de O Show da Luna, Kiko Mistrorigo (TV PinGuim), completa o time. Todas as atividades promovidas pelo Lanterna Mágica são gratuitas.