Júri

Mostra Competitiva Internacional de Curtas

 

Alê Abreu

Alê Abreu é um dos jurados da Mostra Competitiva Internacional de Curtas do Festival Lanterna Mágica. Nascido em São Paulo, Alê é graduado em Comunicação Social e tem no currículo a realização de vários filmes e o desenvolvimento de ilustrações para publicidade, revistas, jornais e livros. Membro da Academia de Ciências e Artes Cinematográficas de Holywood, o diretor é autor dos curtas Sirius (1993), Espantalho (1998) e Passo (2007), que foi exibido nos mais importantes festivais de animação pelo mundo. Em 2007, foi um dos artistas homenageados pelo AnimaMundi, que exibiu uma retrospectiva de seus filmes. No ano seguinte, lançou o longa-metragem Garoto Cósmico (2007). Um dos seus trabalhos mais conhecidos é o longa-metragem O Menino e o Mundo (2013), que rodou o globo em festivais, sendo exibido comercialmente em mais de 100 países. O filme recebeu 51 prêmios, incluindo o de melhor filme e prêmio de público em Annecy, melhor filme em Zagreb, o Annie de Melhor filme independente e a indicação ao Oscar de Animação. Atualmente, Alê Abreu trabalha na produção do longa “Viajantes do Bosque Encantado” e é criador também da série Vivi Viravento (2009), que vai ao ar pela Discovery Kids em 2017.

 

Márcia Deretti

Márcia Deretti é uma das juradas da Mostra Competitiva Internacional de Curtas do Lanterna Mágica – Festival Internacional de Animação. Produtora e diretora audiovisual, Márcia fundou em 2009 a Escola Goiana de Desenho Animado (EGDA), projeto de formação na técnica de animação 2D. É produtora e diretora da TRASH – Mostra Goiana de Filmes Independentes, atualmente em sua 9ª edição, e coordenadora do Dia Internacional da Animação de Goiânia, que realiza anualmente desde 2007. Além disso, ela é responsável pela produção nacional de cinema e pela mostra infantil das últimas oito edições do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA). Colaboradora na área de produção por cinco anos do estúdio de animação Otto Desenhos Animados, em Porto Alegre (RS), atuou em trabalhos de longa-metragem, como o filme Wood & Stock: Sexo, Orégano e Rock’n’Roll (2006) e Até que a Sbórnia nos Separe (2013), de Otto Guerra. Em Goiânia, co-dirigiu o curta-metragem O Ogro (2011), animação inspirada na obra do quadrinista Julio Shimamoto, escolhida como Melhor Filme em Língua Estrangeira no Killer Film Fest – Massachusetts (EUA/2012).

 

Rosana Urbes

Rosana Urbes é uma das juradas da Mostra Competitiva Internacional de Curtas do Lanterna Mágica – Festival Internacional de Animação. Animadora, ilustradora e storyboard artist, Rosana é a primeira mulher a ganhar um Anima Mundi, com o curta-metragem Guida (2014), curta recordista de prêmios no festival. Com mais de 20 anos de carreira, a diretora atuou durante oito anos no exterior, sendo seis deles nos estúdios Disney. Lá, ela trabalhou em vários filmes reconhecidos como Mulan, Tarzan e Lilo & Stitch. De volta ao Brasil, criou a RR Animation Films, onde desenvolve diversos projetos de filmes de animação, ilustração de livros e realização de oficinas. Entusiasta da técnica de animação 2D tradicional, Rosana publicou também, como ilustradora, mais de dez livros voltados para o público infantil pelas principais editoras do mercado, entre eles: Meu Dia é Assim, Porque a Lua só Tem Luz Fria e O Magico de Oz. Atualmente, além de tocar sua produtora e desenvolver seus próprios projetos, a artista ministra oficinas de modelo vivo e animação por todo o país.

 

 

Mostra Competitiva Nacional de Curtas

 

Dustan Oeven

Dustan Oeven é um dos jurados da Mostra Competitiva Nacional de Curtas do festival. Animador e Diretor de filmes e animações, Dustan é graduado em Comunicação Social (Rádio e TV) e especialista em Antropologia Social pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atualmente, é aluno de mestrado do Programa de Pós-graduação em Arte e Cultura Visual, também na UFG. Entre as suas principais realizações autorais estão as animação Uma História de Família (1997) e Entrevista com o Morcego (2000). Além disso, ganhou vários prêmios, entre eles o Prêmio Jaime Câmara de Publicidade, em 1999, pelo VT Criança é Massa, e o prêmio de melhor produção goiana, em 2002, no IV Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA), pela animação Alternativas.

 

Wadih Elkadi

Wadih Elkadi é um dos jurados da Mostra Competitiva Nacional de Curtas do Lanterna Mágica. Produtor Executivo da F64 Filmes desde a sua fundação em 2013, Wadih também é produtor da Bienal Internacional do Cinema Sonoro (BIS). Iniciou seus trabalhos na área audiovisual organizando mais de 40 mostras de animação japonesa entre 2002 e 2010. Nesse período, trabalhou como Produtor Cultural para algumas empresas e universidades, como Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), Universidade Estadual de Goiás (UEG) e Livraria Saraiva. Suas últimas produções, entre longas, curtas e séries para TV, foram: Taego Ãwa, A Grande Partida, No Escuro, Raízes, Pelas Beiradas, entre outros. Irá lançar em 2017 o seu primeiro longa metragem como diretor, o documentário No País do Football.

 

Wesley Rodrigues

Wesley Rodrigues é um dos jurados da Mostra Competitiva Nacional de Curtas do Festival Lanterna Mágica. Nascido em Goiânia, Wesley é graduado em Design Gráfico pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Ilustrou vários livros e publicou as HQs YUKA – O Pescador de Ilusões e Gonzaga – O Menino Cantador. Além disso, foi diretor de animação no curta O Ogro e trabalhou na equipe principal do longa-metragem de animação Até que a Sbórnia nos Separe. Em 2013, dirigiu a animação Faroeste – Um Autêntico Western, curta vencedor de vários prêmios importantes, entre eles o de melhor animação brasileira no Animamundi (júri popular), melhor animação e melhor curta no Festival de Brasília (votado pelo público) e melhor animação no Animage. Atualmente, desenvolve projetos no ARMORIA Studio.